Equipamento digestor para detecção de triquina completo | 333shop.com
True

Venda de produtos agro-pecuários e do sector da carne
Product Image

Equipamento digestor para detecção de triquina completo

1520,00 € 1520,00 € 1520.0 EUR + IVA

1520,00 €

Equipamento digestor para detecção de triquina completo

Ref.:

Equipamento completo para fazer análises de triquina in situ.

Days
Hours
Mins
Secs
2

1520,00 € 1520,00 € 1520.0 EUR + IVA

1520,00 €

    This combination does not exist.

    Adicionar ao Carrinho


    PORQUÊ COMPRAR NA 333shop.com

    • Produtos testados e primeiras marcas
    • Somos produtores pecuários e veterinários
    • Desde 1998 (+20 anos)
    • Assistência telefónica
    • Pagamento fácil e seguro

    Composto por:

    Recolha de amostras e quantidade que deve ser digerida

    Para carcaças inteiras de suíno:

    • Recolhe-se uma amostra de um peso mínimo de 1 g procedente dos pilares do diafragma, na zona de transição muscular e a parte tendinosa. No caso de porcas reprodutoras e varrascos, deverá ser recolhida uma amostra maior com peso mínimo de 2 g num dos pilares do diafragma.
    • Quando não há pilar de diafragma, esta deverá ser recolhida de tamanho duplo (2 g) da parte do diafragma situada perto das costelas ou do esterno, dos masseteres, da língua ou dos músculos abdominais.


    Para partes de carne de porco:

    • É recolhida uma amostra com peso mínimo de 5 g de músculo estriado, que contenha pouca gordura, na medida do possível, e que esteja situado junto aos ossos ou tendões.

    Para amostras congeladas:

    • É recolhida uma amostra com peso mínimo de 5 g de músculo estriado.

    Procedimento

    • Adicionar 8 ml de ácido clorídrico a um copo de precipitado com 1 litro de água previamente aquecida a 46-48ºC e agitar e adicionar 5 g de pepsina.
    • Triturar até 50 g das amostras de carne obtidas para analisar  e levar a carne picada ao copo de precipitado com o ácido clorídrico e a pepsina. Lavar o copo em que a carne foi triturada para recolher todos os restos de carne aderidos ao recipiente.
    • Cobrir o copo com uma folha de alumínio e manter em agitação a 46-48ºC,com uma velocidade que favoreça a mistura da suspensão e o desaparecimento das partículas maiores de carne.
    • Após a agitação verter o líquido no funil de decantação, fazendo-o passar através da peneira e deixando repousar durante 30 min para favorecer a decantação.
    • Transferir 40 ml de líquido de digestão para a proveta graduada e deixar repousar durante 10 min.
    • Aspirar com cuidado 30 ml de líquido sobrenadante para retirar as camadas superiores e deixar um volume que não supere 10 ml.
    • A amostra de 10 ml é vertida numa Placa de Petri e a proveta é enxaguada com água adicionando também o volume à placa.
    • Proceder à observação no estereomicroscópio com aumento de 15 a 20 vezes para avaliar a ausência de larvas de triquina. Os líquidos de digestão são examinados. Em caso algum o exame pode ser adiado para o dia seguinte.

    Informação complementar

    Poderá verificas as normas no REGULAMENTO DE EXECUÇÃO (CE) nº 2015/1375 DA COMISSÃO de 10 de Agosto de 2015 pelo que se estabelecem normas específicas para os controlos oficiais para a presença de triquinas na carne.

    This is a preview of the recently viewed products by the user.
    Once the user has seen at least one product this snippet will be visible.

    Produtos vistos recentemente

    To install this Web App in your iPhone/iPad press and then Add to Home Screen.